Confederação Nacional das Associações de Família | Opções
21473
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-21473,ajax_fade,page_not_loaded,,select-child-theme-ver-1.0.0,select-theme-ver-3.8.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Opções

Face à conjuntura nacional e porque é sua finalidade primária fazer consagrar plenamente a família como a instituição social básica e reconhecer o movimento associativo familiar como veículo privilegiado dos seus direitos e aspirações, a Confederação Nacional das Associações de Família (CNAF) representando, assim, as famílias portuguesas e assumindo as suas graves preocupações quanto ao futuro da Família em Portugal e das suas gerações mais novas, vem junto dos poderes
públicos mandatada pelos seus militantes familiares, exigir:

1

Que seja manifestada publicamente uma inequívoca intenção política de defender e promover a instituição familiar, em ordem ao progresso, desenvolvimento e plena democraticidade da sociedade portuguesa;

2

Que sejam definidas as actuais linhas da política familiar governamental;

3

Que, às famílias e suas organizações representativas, sejam concedidos os necessários meios de participação e intervenção, que a Constituição já consagrou e que o actual diploma orgânico do Governo reconheceu institucionalmente, mas não se põe em execução.